Olá e bem-vindo à nossa mais nova comunidade de jogos! É esta a sua primeira visita?
.::Conect Cheats::.

Todas notícias de novidades no mundo da tecnologia,jogos,programações,designer entre muitos outros jogos onlines! Acesse já.

 Sistema de cash points atualizado! clique aqui e confira!
 Veja também a Sessão Gráfica do fórum
 Fique por dentro das notícias e Anúncios do Fórum!
 Faça parte da equipe ConectCheats também, acessando o fórum de Recrutamento
 Ajude a equipe dando idéias e Sugestões para que o fórum cresça cada vez mais!
Ainda não se registrou? faça parte dessa mais nova comunidade agora, Registre-se!

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1 [TUTORIAL] Como jogar tibia no Linux em Qua Jul 16, 2014 6:58 pm

ozzyosbourne

Membros
Membros
avatar

[TUTORIAL] Como jogar tibia no Linux

Como jogar tibia no linux, aqui você aprende no tutorial como fazer isso, então vamos lá!


É possível jogar Tibia também no Linux, o jogo possui uma versão nativa para o sistema operacional Linux. Mas ainda assim, o Tudo sobre Tibia ainda não tinha um artigo ensinando a jogar Tibia em Linux, e ainda por cima não havia na Internet um tutorial completo sobre o cliente de Tibia para Linux.

O artigo de hoje vai ajudar os jogadores em Linux. Usaremos o Ubuntu Linux neste tutorial, porque ele é a distribuição do Linux mais popular em PCs, assim normalmente ela é a primeira que usuários novatos do Linux usam. Então no artigo de hoje explicaremos como jogar Tibia no Ubuntu Linux, mas essas instruções também podem ser aplicadas em outras distribuições.

1. Considerações iniciais
O Tibia possui um cliente próprio para Linux, além dos clientes em Flash (que roda no navegador) e do cliente para Windows. É possível jogar em Linux através da versão em Flash ou usando o cliente para Windows em um emulador, mas em ambos os casos o jogo é bem lento se você não tiver um computador potente. Já o cliente para Linux não requer um computador poderoso para rodar bem, então é recomendável usar ela.

Dessa forma, o presente artigo explicará o uso do cliente para Linux do Tibia.
2. Instalando o driver de vídeo
Para rodar na velocidade máxima, o Tibia precisa que você tenha instalado o driver para Linux da sua placa de vídeo. Não se preocupe, a instalação de drivers de vídeo no Linux é muito mais simples hoje em dia do que era há alguns anos atrás Smile.

Para instalar o driver de vídeo no Ubuntu é necessário ir em "Drivers adicionais" mo menu do Ubuntu, nas últimas versões basta começar a digitar "Drivers adicionais" no menu que a opção já aparece. Se você usa alguma versão mais antiga do Ubuntu, essa opção fica em:

  • Sistema > Admnistração > Drivers de hardware
    ou em
  • Sistema > Admnistração > Drivers de adicionais


Então vai abrir uma janela com os drivers disponíveis para o seu computador:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Escolha uma versão e clique no botão "Ativar". Normalmente a versão que você deve instalar é a mais recente (versão current), mas caso ela apresente algum problema você pode tentar uma versão mais antiga.

Quando o download e instalação do driver terminar, será preciso reiniciar o computador, então o driver já estará funcionando.

Caso você esteja usando uma outra distribuição do Linux, é bem provável que você encontre o download do seu driver na central de programas que tem dentro dela. Senão você pode ir no site do fabricante da sua placa, que lá com  certeza tem o download.
3. Baixando e jogando
Diferentemente do cliente em Windows, o Tibia para Linux não vem em um instalador. Ele vem dentro de um arquivo compactado, basta extrair o conteúdo do arquivo e abrir o jogo para começar a jogar.

O jogo pode ser baixado no site oficial do Tibia, em Account > Download client:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Você pode salvar o arquivo onde quiser. Recordando, esse é um arquivo compactado ("zipado") com o jogo dentro. Para descompactar, abra o arquivo e clique em "Extrair":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Então escolha local onde você quer extrair, pode ser qualquer um, e clique no botão "Extrair":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Nesse local foi criada uma pasta chamada Tibia, onde está o jogo. Vá até ela:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aviso: Algumas pessoas se confundem achando que tem de abrir o arquivo "Tibia.xpm" para jogar, mas ele é um arquivo de imagem e não o jogo.
Para abrir o jogo, basta dar um duplo clique no arquivo "Tibia" (mostrado na imagem acima). Agora você já pode jogar normalmente! O funcionamento do jogo não é diferente da versão para Windows:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Agora divirta-se jogando Very Happy.
4. Solucionando problemas técnicos
Esse capítulo ensina como resolver alguns problemas técnicos que você pode encontrar jogando no Linux.
4.1 O Tibia não abre
Pode ser que em alguns computadores apareça a mensagem de erro "Floating point exception" quando você tenta abrir o Tibia. Se isso ocorrer, você deve abrir o jogo dando um duplo clique no arquivo "StartTibia.sh" na pasta do Tibia. Vai abrir uma caixa de diálogo perguntando o que você quer fazer, nela escolha "Executar":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Agora o jogo deve funcionar Smile.
4.2 Problemas gráficos
Caso os gráficos do jogo não estejam aparecendo direito ou estejam mais lentos do que o normal, é possível forçar o Tibia a usar um outro modo gráfico (uma versão mais antig do OpenGL).

Para fazer isso é necessário editar com um editor de texto o arquivo "StartTibia.sh" (que fica na pasta do Tibia). Para editá-lo, dê um duplo clique nele e então escolha a opção "Exibir" na caixa de diálogo. Na última linha do arquivo, acrescente um espaço e escreva engine 3. Vai ficar algo assim:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Quando terminar clique no botão salvar. Então dê um duplo clique no arquivo e escolha "Executar", então o jogo deve abrir.
4.3 Computador lento
Se o computador fica lento enquanto você joga, tente diminuir a taxa de quadros por segundo (framerate) do Tibia. Nele vá emOptions > Graphics > Advanced:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Um valor de 30 ou 20 está bom para o framerate. Quando terminar de alterar, clique em "OK".
5. Criando um atalho para o Tibia
Isso não é necessário para jogar, mas talvez você prefira ter um atalho na área de trabalho para abrir o Tibia.

No entanto, existe um problema: o Tibia para Linux precisa ser iniciado a partir da pasta onde estão os seus arquivos, senão ele não funciona. Então se simplesmente criássemos um atalho para ele na área de trabalho o jogo não funcionaria, porque essa não é a pasta do Tibia.

Para resolver isso, temos de criar um script que navegue até a pasta do jogo e então inicie ele, e então criar um atalho na área de trabalho para esse script. Não se preocupe, isso não é difícil, duas linhas de script já resolvem o problema Smile
5.1 Fazendo o script
Antes de mais nada, precisamos saber o endereço da pasta na qual está o Tibia. Para fazer isso, vá até a pasta do Tibia, clique com o botão direito do mouse em qualquer um dos arquivos dela e escolha "Propriedades". A janela de propriedades mostra o endereço da pasta:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Com essa informação já podemos criar o script. Para criar ele, abra algum editor de texto. O Gedit, que vem com o Ubuntu e boa parte das outras distribuições, funciona bem para criar e editar arquivos de texto. Ele fica em Aplicativos > Acessórios > Editor de texto gedit, ou nas versões mais recentes do Ubuntu basta começar a digitar o nome do programa no menu para achá-lo.

No editor de texto escreva:
cd "/endereço/da/pasta"
./Tibia
Onde /endereço/da/pasta é o endereço que encontramos há pouco. Para não errar, recomendo que copie ele da janela de propriedades e cole no editor de texto. Perceba que o endereço da pasta está entre aspas, normalmente isso só é necessário se existir espaços nos nomes das pastas, mas vamos colocar as aspas só para garantir (pois as aspas também funcionam se não há espaços).

A primeira linha do script usa o comando cd, que serve para mudar de pasta. Na segunda linha temos ./Tibia, o ponto e a barra antes de "Tibia" significa que o script deve abrir um programa chamado "Tibia" na pasta, sem o ponto e a barra ele pensaria que tem de executar um comando chamado "Tibia" (o que daria erro).

Note que o Linux diferencia maiúsculas de minúsculas em tudo dentro dele (comandos, pastas, nomes de arquivos, etc.), então esteja certo de escrever tudo do jeito que aparece: os comandos são sempre em minúsculas, o programa do Tibia começa com uma letra maiúscula, os comandos são sempre em minúsculas, e se há maiúsculas e minúsculas no endereço da pasta não se esqueça de respeitá-las (por isso eu recomendei copiar e colar o endereço, aí você já se garante).

Quando terminar, o script vai ficar algo assim:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Quando terminar, salve o arquivo. Salve ele com a extensão .sh:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O arquivo do script pode ter qualquer nome, desde que a extensão seja .sh (por exemplo, Tibia.sh). Você pode salvar ele onde quiser, mas recomendo que seja na mesma pasta do Tibia para facilitar.

O script está salvo, mas para ele poder ser executado é preciso que ele seja marcado como um programa. Para fazer isso, clique no arquivo do script com o botão direito do mouse e escolha "Propriedades". Na janela de propriedades, vá até a aba "Permissões" e marque a opção "Permitir a execução do arquivo como um programa":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Feito isso, você pode fechar a janela. Você pode testar o script para ver se ele está funcionando, dê um duplo clique nele e escolha "Executar em terminal" (você também poderia escolher apenas "Executar", mas é que executando no terminal vai abrir uma janela do terminal com o resultado do script). Se o Tibia abrir, beleza! O script está funcionando. Caso contrário, a janela do terminal vai dizer qual erro aconteceu.

Se deu erro, edite o script em um editor de texto (dê um duplo clique no arquivo e escolha "Exibir") e salve. Os erros mais comuns em script costumam ser: escrever errado o endereço da pasta, colocar letra maiúscula ou minúscula no lugar errado e se esquecer de um espaço.
5.2 Adicionando o atalho
Com o script funcionando, agora vamos criar um atalho para esse script na área de trabalho. Clique com o botão direito do mouse na área de trabalho e escolha "Criar lançador". Vai abrir este diálogo:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Em "Tipo" escolha a opção Aplicativo. No nome você pode escrever o que quiser, eu recomendo Tibia. Em "Comando" é onde você deve informar a localização do script, para fazer isso clique no botão "Navegar":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Vá até onde salvou o script, escolha ele e clique no botão "Abrir":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Para deixar o atalho mais bonitinho, é possível usar o ícone do Tibia nele. Dentro da pasta do Tibia já tem um arquivo de imagem com o ícone do Tibia (Tibia.xpm). Para escolher o ícone, clique no botão de imagem:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Navegue até a pasta do Tibia, escolha o arquivo Tibia.xpm e clique no botão "Abrir":

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O diálogo vai ficar algo assim:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Não é necessário escrever nada em "Comentário", mas se preferir pode escrever qualquer coisa. Quando terminar, clique no botão "OK". Pronto, o atalho do Tibia já vai estar na área de trabalho:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Basta clicar duas vezes no atalho sempre que quiser jogar!
6. Importando e exportando os mapas do Windows
Se você joga ou vai jogar também no WIndows, é bom saber que é possível transferir os mapas do Tibia do Windows para o Linux e vice-versa. Aí você não perde os seus mapas do jogo ^_^. Para passar os mapas entre o cliente de Windows e o de Linux bastacopiar os arquivos dos mapas de um lugar para o outro.

Se o Windows e o Linux estão instalados no mesmo computador, você pode usar o Linux para copiar os arquivos já que ele consegue acessar a partição do Windows (embora o contrário não aconteça). No Ubuntu (e em várias outras distribuições do Linux) você pode encontrar a partição do Windows no gerenciador de arquivos.

Mas se o Windows e o Linux estiverem instalados em computadores diferentes, ou se você não estiver conseguindo acessar a partição do Windows pelo Linux, você pode copiar os mapas para um pen drive, depois conectá-lo no computador para onde quer passar os arquivos e copiá-los. Se você não tem um pen drive, você pode zipar os mapas e enviar para você o arquivo .zip por e-mail.

Agora vejamos onde ficam os mapas no Windows e no Linux.
6.1 Localização dos mapas
Se você está dentro do Windows, um jeito fácil de ir até a pasta onde estão os mapas do Tibia é digitar %appdata%\Tibia na barra de endereços do Windows Explorer e apertar ENTER. A pasta do Windows onde ficam os mapas do Tibia é:

  • No Windows 7 e no Windows vista:
    C:\Users\[USUÁRIO]\AppData\Roaming\Tibia
  • No WIndows XP:
    C:\Documents and Settings\[USUÁRIO]\Dados de Aplicativos\Tibia


Note que [USUÁRIO] é o seu nome de usuário do Windows. Nessa pasta, os mapas ficam dentro da subpasta "Automap".

No Linux, os mapas do Tibia ficam na sua pasta pessoal, dentro da subpasta .tibia (o ponto faz parte do nome dela). No Ubuntu, o endereço desse local é:
/home/[usuário]/.tibia

Onde [usuário] é o seu nome de usuário no Ubuntu. Essa pasta do Tibia está oculta, então se ela não estiver aparecendo aperteCtrl+H para exibir os arquivos e pastas ocultos:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Um jeito fácil de ir direto nessa pasta é digitar ~/.tibia na barra de endereços do navegador de arquivos.

Recordando, os mapas do Tibia ficam na subpasta "Automap" do local:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Recordando, para passar os mapas do Windows para o Linux (e vice-versa) basta copiar os mapas de um local para o outro.
7. Baixando o Tibia pela linha de comando (avançado)
Isso não é necessário na grande maioria dos casos. Se você já baixou o Tibia de qualquer outra forma que seja, então você não precisa das instruções deste capítulo.

O motivo de eu pôr aqui essas instruções é porque elas funcionam em praticamente qualquer distribuição do Linux, não somente o Ubuntu. Mas saiba que é recomendado ter uma certa familiaridade com o Linux para mexer na linha de comando (ou Terminal) dele. No entanto, dessa forma é possível baixar e descompactar muito mais rapidamente!
7.1 Instruções
Abra a janela do Terminal. Por padrão o Terminal salva os arquivos na sua pasta pessoal. Caso queira salar em outro local, use o comando cd para mudar de pasta. Para fazer isso, digite:

cd "/caminho/da/pasta"
(onde "/caminho/da/pasta" é a pasta onde você quer baixar)

Então aperte ENTER.

Agora vamos baixar o jogo. Eu escrevi um script que procura a versão mais recente do cliente para Linux no site do Tibia, e então ele baixa ela e extrai os arquivos. Copie e cole no terminal o script:

wget -r -H --domains="download.tibia.com" -A.tgz -nd https://secure.tibia.com/account/?subtopic=downloadclient && tar xfz tibia*.tgz
e aperte ENTER.

Para colar algo no terminal é preciso apertar Ctrl+Shift+V ou clicar nele com o botão direito do mouse e escolher "Colar".
Nota: na linha de comando não funciona Ctrl+V para colar, nem Ctrl+C para copiar. É preciso usar Ctrl+Shift+V ou Ctrl+Shift+C .

O jogo então será baixado, e você poderá observar o progresso na janela do terminal. Caso queira interromper o download antes do fim, aperte Ctrl+C. Quando o download terminar, o arquivo compactado será extraído. O jogo estará dentro da pasta Tibia, onde você baixou. Caso queira, pode apagar o arquivo compactado baixado (o arquivo tem a extensão .tgz).
7.2 Explicando o script
Quem conhece o blog Tudo sobre Tibia sabe que aqui gostamos de explicar o que é feito, em vez de simplesmente apresentar uma "receita de bolo" para resolver o problema Smile.

O comando wget serve para baixar arquivos da Internet. Para usar ele normalmente basta escrever wget e o endereço do arquivo que quer baixar. Mas como no caso do Tibia o download muda a cada nova versão, se nós simplesmente passássemos um script para baixar o arquivo, esse script ficaria desatualizado tão logo que fosse lançada uma nova versão...

Por isso foi necessário acrescentarmos  parâmetros para fazer com que o wget encontrasse o arquivo certo e baixasse só ele. Para os que gostam de Linux, aí vai a explicação dos parâmetros usados no wget:

  • -r : extrair os links da página e baixar eles
  • -H : diz que que são permitidos links de outros domínios (necessário, pois por padrão o wget não baixa links de domínios diferentes da página)
  • --domains : especifica de quais domínios podem ser os links (foi usado o domínio do servidor de downloads do Tibia)
  • -A : diz para baixar somente os arquivos das extensões informadas (eu usei a extensão do arquivo do download do cliente de Linux)
  • -nd : faz com que o arquivo seja salvo na mesma pasta que o script for executado (normalmente os arquivos baixados são salvos em subpastas, de acordo com o diretório do site em que se encontram)


Dessa forma, o resultado do script é que será baixado apenas o arquivo ".tgz" da página de download, que é o arquivo do cliente.

O script poderia terminar nesse ponto, mas por uma questão de conveniência em acrescentei os comandos necessários para descompactar o arquivo. Note que depois dos comandos do wget foi adicionado &&. Esses símbolos dizem que imediatamemte em seguida de serem concluídos com sucesso os comandos anteriores, então o Terminal deve executar os comandos que vêm em seguida.

Para descompactar um arquivo pela linha de comando, normalmente bastaria usar o comando tar xfz seguido do nome do arquivo, mas nesse caso isso não é possível porque não sabemos com certeza o nome do arquivo que será baixado (já que ele muda com cada versão). O nome do arquivo é algo como tibia???.tgz (onde ??? é o número da versão).

Então foi necessário fazer um comando que descompactasse um arquivo com esse tipo de nome:
tar xfz tibia*.tgz

O asterisco no nome do arquivo é um caractere coringa, e pode representar qualquer seqüência. Dessa forma, o arquivo baixado será descompactado mesmo que não se saiba de antemão o seu nome exato.


E ai, acabou! boa sorte, se tiver dúvidas, só postar ai na area tibia dúvidas! agradece se gostou pf!





[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ozzy osbourne

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissões de Postagem

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum